Pipe Bomb - Triple H vs Shawn Michaels

Best Friends, Bitter Enemies

Best Friends, Bitter Enemies

Bom amigos do Pipe Bomb, eu (leeoxleeo) tirei um tempo pra falar um pouco sobre minha feud favorita, Triple H vs Shawn Michaels, espero que gostem.

Quando Hunter se recusou a assinar um novo contrato com a WCW Vince abriu as portas da WWF para ele com a promessa de que lutaria mais vezes e que ganharia mais do que ganharia se continuasse na WCW, e sob essa promessa Paul Levesque o virou Hunter Hearst Helmsley, HHH já começou trabalhano em House Shows e alguns show televisionados e ganhar um certo destaque pela personalidade que tinha, atenção dada por Kevin Nash, Michaels, 123-Kid e Razor grupo com uma força política imensa nos backstages, grupo que recrutou Hunter e passou a ser chamado por Luger de ” Kliq ” e que mais tarde passaria a ser o nome do grupo. The Kliq não durou muito porque Nash e Razor resolveram sair para a WCW, e no ultimo show deles na WWF o grupo resolvou se reunir no ring quebrando o Kayfabe onde os “hérois” nunca poderiam ser vistos junto com os “vilões”, era claro que alguém pagaria pelo ocorrido, Razor, Nash e Kid já não estavam lá, Michaels era o Babyface e intocável no momento, sobrou para Hunter, o cara mais novo e que estava prestes a receber um push gigantesco e entraria em feud com Michaels pelo WWF Title, push que foi retirado e o push acabou caindo no colo de Austin e graças a ao ocorrido tivemos o Austin como King of The Ring e aquela promo inesquecível.

 

Por causa desse incidente, Hunter teria a opção de passar por uma punição ou ir embora, HHH decidiu ficar e aceitar a punição estabelicida que foram dezenas de derrotas nos shows, virou praticamente um jobber por um ano, passada a punição, Vince viu que Hunter tinha algo de diferente e queria novamenteu um push pra ele, mas não sabia como começar esse push, surgiu então a ideia de Hunter e Michaels de formarem um grupo, grupo que mais tarde foi chamado de D-generation-X e contou com Chyna e Rude como membros também, DX foi um grupo completamente diferente e novo no Wrestling, faziam coisas estupidas como Strip Poker ao vivo enquanto rolavam matches no ring, gestos obcenos e com isso conquistou os fãs, mas mesmo o grupo estando muito over com a crowd, as atitudes de Michaels nos backstages irritavam todos, inclusive os próprios Wrestlers, até que Vince decidiu tirar o title de Michaels na Wrestlemania 14 e passar para Austin, mas o caminho até o show foi longo, Hunter tinha que cuidar da sua feud com Owen Hart e ter certeza que conseguiria fazer Michaels aparecer no show, tarefa que HHH descreveu como uma das mais difícies de sua carreira, teve um momento durante o Axxess em que atiraram uma garrafa em Michaels e ele deixou o ring e foi embora, Chyna, Hunter e Mike Tayson ficaram no ring sem entender o que estava acontecendo. Chegando a Wrestlemania, Michaels agravou sua lesão nas costas e depois da derrota no show decidiu que iria tirar um tempo para cuidar de suas lesões e seus problemas com álcool e drogas, fazendo isso na frente de todo mundo, deixando todos confusos sobre seu futuro e abandonando a stable com Hunter e Chyna.

 

Triple H pela primeira vez teria a chance de ser “O cara”, e fez o seu papel perfeitamente, colocou a Stable em outro patamar com novos membros, X-Pac, Road Dogg, Billy Gunn e Chyna chegaram a estar tão Over que o Face Turn foi completamente inevitável, e Hunter estava ganhando cada vez mais destaque como o líder do grupo, e o segment da invasão da WCW colocou a stable acima das outras e enquanto Triple H seguia seu caminho para o Main Event, Michaels fazia aparições raras, muitas vezes nitidamente perdido e vendo Hunter chegar ao Main Event utilizando a stable que ele ajudou a criar começou a gerar ciúmes em Michaels e durante um segment entre Triple H/DX e Michaels/Corporation, HBK acusou Triple H de roubar sua gimmick, fato é que essa acusação como parte da Storyline também era como Shawn se sentia no momento, o que foi desgastando a relação de amizade com Triple H. Michaels estava se afundando cada vez mais, até aquele momento tinha perdido seu title, sua prestígio e também a unica pessoa que esteve do seu lado o tempo todo, durante um show em 2000, Triple H foi chamado as pressas para resolver uma situação nos backstages, quando chegou, viu Michaels jogado em cima de uma mesa, completamente perdido, os dois começaram a discutir e não se falaram mais depois do ocorrido e Michaels teve seu contrado rescidindo com a WWf enquanto Triple H se tornou o Top Heel da empresa e junto com The Rock carregou a empresa durante o período de recuperação de Stone Cold.

 

Shawn Michaels chegou ao fundo do poço depois da rescisão com a WWF e quando parecia que seu fim estava próximo, encontrou uma luz no fim do túnel como ele diz, essa luz era Deus lhe dando uma nova oportunidade de viver novamente, Michaels iniciou sua recuperação em seu rancho e quando se sentiu bem fisicamente ligou para Nash para conversar sobre Wrestling naquele momento e Nash aconselhou Michaels a se desculpar com Triple H que foi único que esteve ao seu lado todo o tempo e Shawn virou as costas para ele, seguindo o conselho de Nash, Michaels ligou para Hunter e se desculpou pelas acusações que fez contra Hunter e fez um pedido para o mesmo, que ele queria uma match para que sua filha pudesse o assistir no ringue pelo menos uma vez, e como Michaels não tinha muito amigos no Wrestling, Hutner era o único em que Michaels podia confiar. Michaels então estava de volta e durante a storyline, estava de volta para reformar a sua antiga Stable com Triple H que turnou levando a uma match entre os dois no Summerslam 2002.

 

O impressionante é que a match entre os dois foi fantástica mas Michaels e Hunter não chegaram a treinar juntos porque ambos queriam que a match fluísse naturalmente, e em muitos spots Triple H colocava tanta pressão em si mesmo para deixar tudo perfeito para Michaels. A match foi um sucesso tão grande que Vince convenceu Michaels a fazer outras matches e sempre que os dois entraram juntos no ringue fizeram matches fantásticas, aquela 3 Stages of Hell foi sensacional, a do Royal Rumble 2004, a Hell In a Cell pra mim foi o fim perfeito para a feud, ambos mortos caídos um em cima do outro com sangue pra todo lado, objetos quebrados e a match foi tão boa que mesmo o Heel saindo vencedor a Crowd aplaudiu a match.

 

Pra mim, essa foi a maior feud do Wrestling, passaram por várias estipulações diferentes, todas as matches merecedoras de 4 estrelas ou mais até, juntos fizeram Chris Benoit valer ouro em duas matches sensacionais, vi feuds muito boas, Undertaker e Kane, Stone Cold e Triple H, Hart e Michaels, mas a química desses dois sempre me impressionou, seja juntos como Tag Team ou como adversários. Pra quem não teve a oportunidade de ver as matches que eles tiveram durantes os anos de 2002/2004 eu recomendo, não vai se arrepender, e se puder tem o documentário WWE Rivaliries Triple H vs Shawn Micahels onde ambos falam do que aconteceu nos backstages durante o período difícil que Michaels passou.

Leonardo

Além de escrever para o Pipe Bomb e as vezes participar dos Podcasts foi o desenvolvedor do novo site e responsável pelo Twitter do Pipe Bomb. Grande conhecedor da história da WWF/WWE e talvez o único fã do Triple H no mundo, também responsável pelos textos em Inglês do Pipe Bomb e conhecido por ser do contra.

Um comentário em “Best Friends, Bitter Enemies

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *