Pipe bomb - ECW

Bloody History 04# – O incio da era Extreme, a saída de Sabu e Dreamer vs Raven

Aqui esta a quarta parte do artigo sobre a historia da ECW aqui no Pipe Bomb, nessa edição vamos falar do inicio da Era Extreme, da controvérsia saída de Sabu, e da memorável feud entre Tommy Dreamer e Raven. Então chega de papos e vamos ao HARDCORE!!!

(Texto postado em março de 2015 por Vinicius | Joker)

O Inicio da era Extreme da ECW, não começou de forma boa, e sim com uma grande baixa a demissão de Sabu. A saída de Sabu da ECW foi de forma muito conturbada, ele teve que faltar a um dos principais shows da ECW, para cumprir agenda em uma Tour da NJPW, e Heyman ficou muito zangado com a atitude de Sabu, e logo na abertura do show, ele veio ao ringue disse que Sabu não estaria no evento, e desferiu uma série de ofensas ao mesmo. Logo após saber do ocorrido, Sabu aceitou a proposta de contrato com a WCW.

luta de Sabu na WCW
Apesar da ECW ter perdido um de seus maiores nomes, algo
muito grande estava prestes a acontecer, o início da possivelmente maior feud
da historia da federação, Tommy Dreamer vs Raven.
Dreamer na época, era um lutador independente que já tinha feita algumas lutas na ECW, mas recebeu muitas vais do publico mesmo sendo face, o que fez com Heyman tomasse uma decisão para fortalecer o personagem novo de Dreamer, ele colocou em uma luta contra Sandman, onde o perdedor teria que levar 10 pauladas de Kendo Stick. Dreamer perdeu a luta e levou as 10 pauladas e resistiu com muita força, e os fãs se surpreenderão com a força de Dreamer, e ele começou a ganhar afinidade com publico, e durante os próximos meses, ele se tornou um dos queridinhos dos fãs da ECW. Heyman decidiu que Dreamer precisava de uma feud que o elevasse ao Main Event, mas para isso ele precisaria de um grande rival, eis que então surge Raven.
Tommy Dreamer
 
Raven assim como outros lutadores já citados aqui, era um fracassado lutador, que já tinha tido passagens por WWF e WCW, e no momento estava procurando uma federação nova para testar sua nova gimmick. Então ele procurou Heyman, que de primeira recusou contratara-lo, mas graças a um amigo em comum dos dois, ele foi contratado pela ECW. Então no dia 4 de fevereiro de 1995, Raven ataca Dreamer, na semana seguinte ele faz um incrível segment, onde ele diz que já conhecia Dreamer dês da sua infância, e que os dois estudavam juntos, e que Dreamer era um popular da escola, e costumava praticar Bullying com Raven, e que ele estava aqui para vingar tudo o que havia acontecido no passado.
Raven
 
Depois de muita troca de ataques verbais e físicos, Raven e Dreamer finalmente tiveram seu embate, e depois de muita troco de golpes, Dreamer esta prestes a ganhar, quando surgi do meio da plateia uma mulher, Dreamer fica assustado à vela, e Raven aproveita distração, e ganha a luta. Após o fim da luta Raven explica quem era a mulher, ela se chamava Beulah McGillicutty que segundo Raven, era uma garota que era apaixonada por Dreamer
no tempo de colégio, e ele havia dado o fora nela, e agora ela estava aqui para se vingar.
Beulah McGillicutty
Tudo estava indo muito bem para ECW, até que em um show na Florida, ocorreu um grande incidente, durante um segment as luzes do ginásio foram apagadas para Raven entrar, e durante esse tempo de escuridão, houve uma grande confusão na plateia com algumas pessoas saindo feridas. Nada de muito sério aconteceu, mas Heyman ficou chateado com o corrido, e resolveu que precisava fazer algo para ressarcir os fãs, então Heyman prepara uma grande surpresa, para o próximo show.
É isso, estamos acabando mais uma edição do Bloody History, a próxima edição vamos saber qual surpresa Heyman preparou para os fãs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *