PIPE OFF: RPS 06# – 20/11/2017

Sexta edição do RPS no ar, dessa vez para ser sincero ao contrario das duas ultimas edições não tivemos tantos lançamentos realmente interessantes, ainda sim temos algumas boas musicas. Boa leitura a todos.

Luis Fonsi feat. Demi Lovato – Échame La Culpa

É um Reggaeton bem padrão, não achei grande coisa. Nenhum dos dois artistas demonstra muito animo, e por mais que eu até ache que essa musica possa ser um Hit, ela está bem longe de ser algo que seja um próximo passo na carreira do Fonsi depois de Despacito.

Coruja BC1 – Aciona

Outro bom som do Coruja, a letra é boa, o flow bem agressivo combina com a idéia da musica, e o beat com elementos de Funk que lembra uns pancadões mais antigos, deu uma cara diferente para a musica.

Matheus & Kauan part. MC Kevinho – Deixa Ela Beijar

Só não deixa ela ouvir essa musica.

Tame Impala – List of People

Achei uma musica bem sem sal, tem uns grooves de bateria massa só que no geral está longe de ser uma grande musica. Mas vou dar um desconto pro caras do Tame Impala, porque essa musica é só uma sobra do ultimo disco

Anitta & J Balvin – Downtown

Ok, praticamente tudo que eu falei na musica do Luis Fonsi com a Demi Lovato pode ser aplicado para essa musica também. O único diferencial fica para maior química dos dois artistas.

Bjork – Bissing Me

Preciso assumir que nunca fui muito fã da Bjork, mas não nego que a cantora islandesa tem muito talento. Essa musica é mais um exemplo disso, um belíssimo trabalho, explorando diferentes elementos que juntos dão um ótimo casamento. Mas o lado sempre muito experimental da Bjork pode ser um empecilho para muitos que forem ouvir esse lançamento.

Teenage Wrist – Swallon

O instrumental dessa musica é muito bom, uma viradas de baterias muito bem feitas, os riffs bem decentes de guitarra. Mas o vocal achei um pouco mal encaixado, quem curte Rock Alternativo mais sujão recomendo que escute, pois pode ser que agrade.

Jessie J – Queen

Olha ai uma ótima musica da Jessie J, som mais puxado para um R&B com uma boa produção, e a cantora mandando muito bem nas linhas vocais. É bom ver uma musica que faz jus ao talento vocal da Jessie J.

Paloma Faith feat. John Legend – I’ll Be Gentle

Um belo dueto para dizer o mínimo. A Voz dos dois cantores casou muito bem, e a produção na medida acrescentou mais pontos a música.

1Kilo feat. Haikaiss  – Uma Noite a Toa

Som bem fraco, um Rap romântico que é quase um R&B Pop. Produção bem descatavel, e os versos no geral bem esquecíveis. A parte do Xamã é a mais interessante, mas ainda longe de salvar o som.

Diplo feat. MØ – Get It Right

EDM padrão para tocar na radio e ser trilha de canal de viagem no Youtube.

Machine Gun Kelly feat. X Ambassadors e Beb Rexha – Home

Todos os elementos da formula de fazer uma musica pop atual nessa musica, as batidas com uns efeitos de EDM, os vocais que devido aos artistas varia de um Rap bem soft, para um Pop tradicional até um Pop Rock daquele bem cliche. No geral uma musica que não diz nada, mas tem chance de fazer sucesso, exatamente por explorar todos os elementos necessários para um Hit Pop.

Maxo Kream – Bussdown

Flow do Bussdown sem duvida da um ar diferente para essa musica, embora o beat tambem é um bom acerto.

Leo Santana – Dia de Maldade

Quero ver fazer uma maldade maior que essa musica.

Fall Out Boy – HOLD ME TIGHT OR DON’T

Ok, eu esperava uma musica nessa pegada vindo do Maroon 5 que é uma banda sem o mínimo de vergonha de se render ao que ta na moda, agora do Fal Out Boy foi mais surpreendente. A musica é basicamente uma mistura bem peculiar de Pop Rock com Reggaeton(isso mesmo reggaeton). Talvez com um tempo eu veja essa musica com outros olhos, mas por enquanto achei só bem fraca.

U2 – American Soul

O começou até parecia ser mais promissor do que normalmente é uma musica do U2, mas com andamento o melhor que da pra dizer é que ela parece uma musica que o Queens of The Age se recusou a gravar, e acabou caindo na mão do Bono.

FRANKIE – Coping

Olha ai um bom synthpop, lembra os trabalhos mais recentes da Carly Rae Jepsen só quem com um pouco mais de EDM na mistura.

Sofi Tykker – Energia

“Chegou a hora do carro zunir, chegou a hora do Jipe lunar”. Primeiro eu preciso entender essa letra, para depois tecer algum comentário sobre a musica.

Dashboard Confessional – We Fight

Ok, a musica sinceramente não é grande coisa. Mas depois de 7 anos sem lançar algo novo, o  Dashboard Confessional estar de volta  ja ta valendo. Mais um passo para o retorno do Emo.

Steve Aoki feat. Laurne Jauregui – All Night

Ok, essa é uma musica de autos e baixos. A Lauren tem uma boa voz que conduz bem , e existe certos momentos  em que o Aoki aposta em uma pegada mais Pop Alt com uns sintetizadores bem característicos que fica legal, o problema que o resto do som é só uma seqüência de efeitos mega genérico dentro do EDM, que tira muito da qualidade.

Tove Lo – shedontknowbutsheknow

Um Pop Alt bem aceitavel, acho que a Tove Lo não está no nível de outras cantoras de Pop Alt que estão em voga, mas ela ao menos tem lançado musicas melhores que os trabalhos antigos.

Humberto Gessinger – Pra Caramba

Questionei minha existência umas 3 vezes enquanto ouvia essa musica, que coisa ruim.

Gree Day – Back in The Usa

Comparado aos trabalhos mais recentes do Green Day essa musica é bem melhor, tem bem mais a cara de um Pop Punk. Ainda sim como alguém que nunca curtiu Green Day, essa lançamento nem de longe despertou muito meu interesse. Mas acredito que quem é fã da banda vai curti.

Flo Rida feat. Maluma – Hola

O tipo de Pop padrão que o Flo Rida costuma fazer, com um pouco de Reggaeton devido a participação do Maluma. Em geral é uma musica ok.

Stefflon Don feat. Skepta – Ding-A-Ling

O refrão eu achei meio chatinho, mas a produção bem Grime e os versos da Stefflon e do Skepta estão bem consistente.

Andy Grammer – Freeze

Uma copia pouco inspirada do Maroon 5.

Alexandre Pires – Traicionar Es Bueno Pero Es Pecado

Alexandre Pires sempre teve uma boa mão para fazer pagode, realmente não entendo porque essa passagem para musica latina. Sendo que nem é uma pegada Reggaeton que ao menos ta moda, é só uma musica bem fraca.

Miguel – Pineapple Skies

Mais um bom lançamento, dessa vez o cantor resolveu ir a uma linha mais R&B Alt, investindo em mais efeitos eletrônicos. Nem tem muito  mias o que falar, se tem Miguel no titulo é bom.

Imaginasamba – Por mais cem anos

Cem anos é a duração que essa musica parece ter, som mega arrastado.

Roy Woods – Say Less

Olha ai mais uma revelação do R&B, Roy mostrando muito estilo nessa musica, um som muito bem construindo na produção que consegue colocar elementos bem distintos que se combinam muito bem juntos.

G-Eazy feat. Zoe Nash – The Beautiful & Damned

Na ultima edição eu citei que a musica lançada pelo G-Eazy ficou faltando o flow caracteristico do rapper, bom essa semana parece que o pedido foi atendido. Nesse lançamento  o rapper usa e abusa do seu flow característica, junto a um bom beat, uma excelente letra e uma ótima participação da Zoe Nash para cantar os refrões que juntos formam uma musica incrível.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *