PIPE OFF: RPS 13# – Justin Timberlake, Kendrick Lamar & Bruno Mars(08/01/2017)

Vamos para mais uma edição do RPS, nessa semana para compensar as duas ultimas que foram bem fracas tivemos muitos lançamentos e a maioria de boa qualidade. Uma boa leitura a todos.

Kendrick Lamar feat. SZA – All The Stars

A musica tem uma pegada bem R&B Alt, lembrando muito as produções das musicas do The Weeknd. Os dois artistas estão bem em suas partes, criando um bom dueto. Embora a SZA se destaque bem mais nas suas partes apresentando os momentos mais marcantes do som, Kendrick está com bons versos, mas sua participação e curta como de costume em lançamentos não autorais do Rapper como é caso dessa musica feita para fazer parte da trilha sonora do filme Pantera Negra.

Francis and the Lights – Just for Us

A musica é boa, a produção com a cara retro apostando bastante nos sintetizadores ficou bem legal e os vocais do Francis encaixaram na medida com a idéia da musica, acho que só faltou um refrão mais marcante.

Biollo part. Maiara Azuna – Fala Agora

Tive que ouvir essa musica umas três vezes para compreender o quão ruim ela é. Tudo nela parece errado, das linhas vocais a letra.

Bruno Mars feat. Cardi B – Finesse(Remix)

Eu não costumo comentar Remix, mas essa versão de Finesse com a participação da Cardi B ficou bem legal. A musica em si já é muito boa como tudo que Mars tem feito nos últimos anos, mas a participação da Rapper deu toque muito especial para a musica.

TheColorGrey – Yout Got TO Show Me

Excelente lançamento, dando mais uma prova que o R&B Alt vem com tudo em 2018. A musica tem uma mistura muito interessante que faz parecer uma musica cantada pelo NeYo, mas com a produção do The Weeknd o que da uma cara bem única para o som.

Arlissa feat. Jonas Blue – GIve Me All You Got/LIVIT – Give Me All Yout Got/Space Primates feat. GoldFord – My Life

Todos os EDM’s genéricos da semana, escolha o da sua preferência.

Simone e Simaria part. Alok – Paga de Solteiro Feliz

A combinação sertanejo com EDM precisa acabar, essa musica é mais uma prova disso. Ja seria uma musica bem fraca se fosse só Sertanejo, com a adição de elementos mega genéricos de EDM o que é ruim só piora.

Anderson East – Girlfriend

Excelente lançamento, a produção voltado para um Soul moderno é um show a parte todos os instrumentos tem o seu momento de brilho e os vocais do Anderson não ficam nem um pouco atrás o cantor destrói nas linhas vocais criando uma combinação perfeito de instrumental  e vocal.

MC Hariel – Quem tem Dó

Quem tem dó não recomenda essa musica.

Liam Payne feat. Rita Ora – For You

Um dueto Pop bem comum. A musica não tem nada de especial, mas é ao menos bem feita tanto na produção quanto na parte dos dois artistas.

Devin Dawson – Symptoms

Um Country com uma levada Pop, mas bem diferente dos Countrys nessa pegada que costumam se destacar. Devin aposta em uma levada bem lenta e cadenciada e utilizando de forma muito inteligente elementos do R&B criando uma combinação muito curiosa e agradável.

MGMT – Hand It Over

Mais um lançamento do MGMT e mais uma musica que me decepcionou. Esse novo lançamento vai para uma linha meio Indie Rock retro com uma pegada bem soft. E não me desceu nem um pouco, a música não parece andar e faz os seus 4 minutos de duração parecer uma eternidade. Muito longe dos seus melhores trabalhos.

Lucas Lucco part. Pabllo Vittar – Paraíso

Luccas Lucco em mais uma tentativa frustrada de criar uma identidade musical. Dessa vez o cantor aposta em uma musica com uma pegada mais EDM e passa bem longe de acertar em uma musica que é ausente de um momento que cativa e prenda a atenção do ouvinte, a participação da Pablo infelizmente pouco ajudou também.

Schilly – B.A.M.

Ta ai uma grande surpresa, musica bem legal. Apostando em um Eletro Funk com uma vertente bem Pop, a musica tem um único objetivo que é ser extremamente dançante e isso ela consegue muito bem.

BORNS feat. Lana Del Rey – God Save Out Young Blood

Uma chatice sem fim, cada segundo da musica uma vontade de morrer diferente.

Charlie Puth feat. Boyz II Men – If You Leave Me Now

A musica é muito bem feita, os vocais do Charlie Puth estão bons e os do Boyz II Men que dão o tom da musica estão ótimos. Mas o problema é que a musica não empolga, parece que ela nunca chega ao seu ápice. Talvez seja o tipo de musica que necessite de varias audições para se gosta, mas mesmo não gostando tanto recomendo que escutem.

Cozz – Questions

Beat com graves bem pesados, flow do Cozz pesadíssimo e versos na mesma linha. A musica é baita soco na cara, sem duvida vale à pena dar uma ouvida.

Sidney Gish – Where the Sidewalks Ends

Uma pegada abertura de sitcom, bem chatinha.

Fetty Wap feat. KDL – With You

Estou preocupado com o Fetty Wap, ele ficou um tempão desaparecido e agora voltou com a dicção pior que a do Desiigner. Ao menos o beat dessa musica é muito boa.

Brothers Osborne – Shoot Me Straight

Country com aquela pegada retro, boas linhas de guitarra e os irmãos com vocais bem marcantes. Quem curte Country na linha mais clássica, essa musica é uma boa pedida.

Judas Priest – Lighting Strike

Desculpa, mas Juda Priest com a mesma formula batida em 2018 é sem condições.

Lil Pump – Designer

Uma bela bosta, mas ao invés de fazer uma review mais completa que é desnecessário, só vou dizer uma coisa ESKEEETIT.

The Dangerous Summer – Ghosts

Ótima musica, um Pop Punk voltado para esse revival do Emo. Tudo na musica é uma sofrencia, a letra, as melodias, a levada da bateria, os riffs de guitarra e o clipe tudo voltado para dar aquela embargada na voz. Uma musica muito boa, mas que não recomendo se você escutar se não estiver em um bom dia.

Breathe Carolina feat. Sunstars – DYSYLM

Os vocais da Breathe estão muito bem feitos, mas a produção com uma pegada Euro Dance moderna acabou estragando a musica.

Bhad Bhabie – Both of Em

Mais uma musica da Cash Me Outside Girl, parece que esse pesadelo não vai acabar nunca.

Chloe x Halle – THe Kids Are Alright

Pop Alt com elementos de R&B, achei bem interessante essa musica, creio que essa minas têm bastante potencial. Para quem é fã de Pop Alt recomendo ficar de olho nelas, porque elas têm tudo para estourar.

Breaking Benjamin – Red Cold River

Fiquei surpreso com a linha mais pesada que o Breaking Benjamin apostou, ainda sim uma bela bosta.

A Perfect Circle – Disillusioned

Mais um belo lançamento do A Perfect Circle para marcar de vez o retorno da banda. Nessa musica os caras apostaram em uma musica com um ar bem melancólico, começando de forma bem lenta destacando a belíssima voz do Maynard e linhas muito limpas de piano e na segunda parte da musica temos todos os integrantes mostrando serviço e dando uma cara mais agitada para musica ainda sem perder o ar melancólico que a musica vai construindo.

Tchakabum – Lentamente

Lentamente e a forma de morrer ouvindo essa musica.

Justin Timberlake – Filthy

Talvez Timberlake tenha pegado carona no recém lançado disco do trio de produtores N.E.R.D. e optou por ir para um lado bem semelhante. A musica aposta em pegada que mistura R&B e Funk, mas de uma forma bem moderna que chega a beirar o EDM em alguns momentos. Se o disco se mantiver no nível desse primeiro Single, já temos um forte candidato a um dos melhores discos de 2018.

Um comentário em “PIPE OFF: RPS 13# – Justin Timberlake, Kendrick Lamar & Bruno Mars(08/01/2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *