PIPE OFF: RPS 14# – Eminem, The Black Eyed Peas & Camila Cabello(15/01/2018)

Tradicionalmente mais uma segunda e por conseqüência mais uma edição do RPS, e felizmente nessa edição repleta de bons lançamentos. Então uma boa leitura a todos.

Camila Cabello – Consequences

É uma musica mediana. Os vocais da Camila Cabello estão bons, mas a produção dela persiste no erro de investir em um pegada Pop bem genérica. Você acaba não sentindo muita personalidade no som que te faça simpatizar com musica.

Jorja Smith feat. Stormzy – Let Me Down

Um belo dueto, embora não dava para esperar algo diferente da junção da voz poderosíssima da Jorja com o flow sempre incrível do Stromzy. A produção indo para um lado bem clássico combinou perfeito com o que os dois artistas apresentaram na musica, tudo na medida.

Wesley Safadão part. Leo Santana – Psiquiatra do Bumbum

Agora lança um psiquiatra da cabeça, porque depois de ouvir a musica to precisando.

Eminem feat. 2 Chainz & Phresher – Chloraseptic(Remix)

Musica mediana, a parte do 2 Chainz está bem foda, mas por sua vez a do Presher é totalmente esquecível os versos são fracos e o flow do rapper não encaixa no beat. A parte do Eminem não é excelente, mas esta bem melhor que de grade parte das musicas do recém lançado disco do rapper.

Jhowzinho part. Kadinho & Wesley Safadão – Agora vai sentar

Tenta ser Sertanejo, Funk, Forro, Arrocha. Mas não consegue ser nada.

Ivete Sangalo part. Psirico – No Groove

Axé simplizão para tocar no Carnaval, mas o refrão é meio fraco então não sei se vai estourar tanto não.

Russ – Flip

Bom lançamento do Russ, os versos são bem simples e não impressionam muito, mas o Flow do rapper está excelente e o beat se destaca muito sendo o ponto alto da musica.

Carrie Underwood feat. Ludacris – The Champion

Mais uma musica totalmente esquecível da Carrie underwood. Uma musica contry com os dois pés no Pop e ruim nos dois estilos. A participação do Ludacris bem esquecível , não que era de se esperar algo diferente.

Enrique Inglesias feat. Bad Bunny – EL BAÑO

Enrique Inglesias se rendendo de vez ao Reggaeton, mas o problema que o cara não larga o lado brega meloso dele. Conclusão o Reggaeton bem fraco, muito por essa vibe baladinha romântica que o Enrique Inglesias insiste em investir.

Troye Sivan – My My My!

Ótimo lançamento, um Pop Alt com boas referencias de R&B. A produção repleta de sintetizadores dá um tom muito agradável e dançante para musica, os vocais do Troye bem suaves com uma levada mais Alt só acrescentam a musica.

Flora Matos – Preta da Quebrada, Pt. 2

Eu costumo curtir os sons da Flora Matos, mas essa musica não me desceu muito bem. O beat é meio básico de mais e acaba não encaixando no flow da rapper, os versos também não são lá muito interessantes.

Jack White – Connected By Love

O inicio da musica surpreende, o musica aposta em uma linha mais eletrônica utilizando de sintetizadores para criar a ambientação da musica, mas não leva muito tempo para Jack White voltar ao seu território comum e apresentar uma serie de elementos retros característicos do som dele. Ainda somos brindados na segunda parte da musica por uma linha muito simples, mas efetiva de piano que vai mesclando com riffs de guitarra para finaliza.

Kali Uchis feat. Tyler The Creator & Bootsy Collins – After The Storm

Que musica excelente, Kali se sai perfeita como cantora de Soul, Tyler entra com uma participação ótima adicionando ótimos versos para musica e Bootsy simplesmente rouba cena com suas linhas de baixo que comandam o instrumental.

Tonight Alive – For You

Tem bem uma vibe Paramore nos primeiros discos, mas sei la a musica não me cativou muito, acho que falta um refrão mais marcante ou um instrumental que mostre mais a personalidade da banda.

Marshmello feat. Lil Peep – Spotlight

É uma musica bem ok, não se difere tanto de outros trabalhos de Lil Peep, o que provavelmente vai agradar os fãs do falecido rapper, os versos são bons e encaixam bem no beat. A participação do Marshmello na produção não tem nada de especial, o Produtor/DJ só emular o estilo de produção que já era costumeiro nas musicas do rapper.

Cautions Clay – Juliet & Caesar

Olha ai mais uma promessa do R&B Alt surgindo, com uma ótima composição, melodias afiadas e e uma produção incrível. Clay surpreende com um trabalho muito maduro para um musico tão novo.

The Neighbourhood – Compass

Indie Rock com influencia de Pop Alt, bem na linha dos trabalhos anteriores da banda. A musica tem seus altos que sem duvida é a produção muito boa, mas no geral é bem mediana os vocais dão uma cansada e o instrumental parece um pouco apático.

Fall Out Boy – Wilson

Ok, essa é melhor que a musica anterior lançada pela banda, mas ainda sim não conheceu. A musica não impacta como normalmente são os lançamento da banda e a produção investe elementos mais Pop’s que acabam apagando a parte do instrumental. Sinceramente ja não sei se da para esperar alguma coisa do disco novo da banda que esta prestes a ser lançado.

The Spencer Lee Band – Kissing Tree

Olha para o single de estréia, essa musica incrivelmente boa. É claro o musico por trás desse projeto é o já experiente compositor Spener Lee conhecido por trilha sonora de diversas animações. A musica apresenta uma linha Funk bem Old School com uma levada bem dançante e contagiante. Vale a pena ficar de olho nesse projeto.

Moon Taxi – Not Too Late

Parece uma musica da fase atual do Coldplay, o que acho que já diz muito sobre a qualidade desse som.

Jay Rock feat. Kendrick Lamar, Future & James Blake – King’s Dead

Som mediano, a primeira parte achei meio fraco o beat é repetitivo e os os versos dos rappers não estão tão bons. Mas a segunda parte por sua vez é otimo, a musica da uma bela virada e Kendrick Lamar apresenta um flow bem agressivo se encaixando perfeitamente com o beat bem mais pesado.

Andrew W.K. – Music is Worth Living For

Eu sei que o errado sou eu de esperar qualquer coisa do Andrew W.K., mas porra que som ruim. O cara resolveu mandar um Power Metal que não podia ser uma pior escolha. Que musica horrível.

Hailee Steinfeld feat. BloodPop – Capital Letters

Mais um trabalho totalmente genérico da Hailee Steinfeld, a cantora realmente não consegue apresentar nada que mostre alguma personalidade no som, sempre os mesmos Pop’s mega batidos. A produção do BloodPop também não ajuda muito, o produtor só entrega o básico.

Nathaniel Rateliff & The Night Sweats – You Worry Me

Depois de 3 anos do seu ultimo lançamento, a banda liderada por Nathaniel Rateliff retorna com uma nova musica que ainda apresenta a mesma sonoridade retro que popularizou o grupo, mas dessa vez eles investem em um Blues Rock muito potente que mostra versatilidade dos músicos e cria um belo aperitivo para o próximo disco.

Craig David feat. GoldLink – Live in the Moment

Musica sensacional, não tem muito o que falar alem de ser um puta combinação de um R&B bem Pop e dançante com uns versos bem colocados de rap no meio.

Clau – Relaxa

Fica pistola.

The Shadowboxers – Runaway

Musica com produção de Justin Timberlake, e fica impossível não ouvir ela e encontrar varias referencia dele no resultado final. Mas não é só de Timberlake que essa nova musica do The Shadowboxers se baseia, com diversas referencias do Pop dos anos 70/80 o trio apresenta uma musica extremamente cativante e dançante.

The Black Eyed Peas – STREET LIVIN’

Se você estava esperando ouvir uma musica na linha dos grandes hits do grupo, ja adianto que provavelmente vai se decpcionar. A musica vai em uma direção totalmente diferente da qual o grupo apresentava no seu auge, nesse novo lançamento temos uma musica totalmente voltada pro Rap com uma linha que lembra muitas musicas do gênero quer surgiram no final dos anos 90 e inicio dos anos 2000. Eu sinceramente achei uma musica bem legal, ela não é nada genial, mas ao menos é uma musica muito bem produzida com bons versos.

Um comentário em “PIPE OFF: RPS 14# – Eminem, The Black Eyed Peas & Camila Cabello(15/01/2018)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *