PIPE OFF: RPS 22# – Logic, Sia & Jason Derulo(12/03/2018)

Nova edição do RPS no ar, essa semana entre os lançamento temos Logic, Sia e Jason Derulo muito mais. Então uma boa leitura a todos!

DJ Khaled feat. Demi Lovato – I Believe

Um Pop bem padrão na linha que a Demi costuma apresentar, com um beat mais próximo do rap. No geral nada de muito especial.

Tropikillaz feat. Aloe Blacc – Milk & Honey

Som bem legal, a produção do Tropikillaz transitando por vários gêneros como Dancehall, Reggaeton, Funk e EDM somado a potente voz do Aloe gerou uma combinação bem diferente que deu um bom resultado.

Felipe Araújo – Se Pegar Cê Chora

Se ouvir cê chora.

Jason Derulo – Colors

Igual toda musica de Copa do Mundo, com aquelas mesmas batidas pseudo Dancehall e extremamente cansativas. Único diferencial fica para a linha vocal do Derulo que como de costume é muito boa.

Rincon Sapiência – Área de Conforto

Ta ficando chato já, quase toda edição tem som do Sapiência e sempre lançamentos excelentes. Essa semana não é diferente, a musica traz o flow e os versos característicos do rapper, mas com uma produção bem fora da linha do rap trazendo elementos diferenciados e que transitam por diversos estilos.

Joelma part. Marília Mnedonça – Perdeu a Razão

Não tem como não perder a razão depois de ouvir essa musica.

Maluma – El Préstamo

É igual um monte de outras musicas do Maluma, nem vou comentar mais nada.

The Knocks feat. Foster The People – Ride Or Die

O duo de produtores sempre muito criativos, dessa vez chega com mais uma faixa cheia de batidas dançantes intercalado com belas e suaves melodias vocais. Um excelente lançamento, toda a musica é muito bem trabalhada com destaque para as linhas de baixo e guitarra que deixam um ar toda especial.

Loote – Your Side of The Bed

Um daqueles Pops softs, com letra bonitinha e uma produção bem reta que é tão sem ênfase que fica difícil criar qualquer coisa de interesse.

Marshmello feat. Leah Culver – Fly

Aquele tipo de EDM que só serve para transição de vídeo no Youtube.

Johnny Yukon – Lonely

Yukon apresenta nessa musica um Rap com traços de R&B isso muito sustentado pela voz bem afinada do Rapper que consegue fazer a passagem de versos rimados para outros cantados sem perder qualidade.

Shinedown – DEVIL

Não to entendendo porque essa vibe do Hard Rock moderno voltou,  um monte de musica passada que não apresenta nada de novo ou interessante.

Sia – Magic

É uma daquelas musicas Pop sem nada de muito cativante feita para fazer parte de trilha sonora de filme Blockbuster, mas a voz da Sia da um diferencial interessante a musica.

Brett Castro – Much About Sadness

Bret cria um R&B muito diferente juntando batidas que são doces com outras bem assombrosas, isso mesclado a harmônica voz do musico que deixa a musica com um ar mais imersivo ainda.

Biollo – A Noite Inteira

A frase “Com voce que é bom” é repetida quase tantas vezes quanto o poema do “Cão arrependido” do Chaves.

Lilly Allen – Higher

A Lilly está bem, e a produção bem contida também fico boa. O problema é que combinação não funcionou, a musica parece ficar muito travado e nunca chega ao ápice.

Louis The Child feat. Joey Purp – Shake Something

O Duo de produtores mais uma vez oferece um trabalho muito criativo. A parceria com o rapper Joey Purp rendeu bons resultado, o duo apresenta uma produção suave, mas que ao mesmo tempo traz linhas de baixo pesadas e bem puxadas para o Funk.

ZHU feat. Tame Impala – My Life

A colab entre o produtor de EDM ZHU com a banda Tame Impala poderia resultar em um trabalho interesse. Mas a musica que é entregue está bem distante disso, um EDM que é simplesmente mais do mesmo e que abusa de loopings de voz e batidas pouco cativantes.

Lil Yachty feat. Trippie Redd – 66

A gigante repetição do mesmo verso junto do autotune la em cima me fez criar uma raiva gigante por essa musica.

KYLE – To The Moon

A apresentação de KYLE nessa musica é extremamente padrão e ele pouco se destacam, mas a produção é realmente muito boa e salva a musica de ser algo totalmente esquecível.

Moose Blood – Can We Stay Like This

Nessa faixa a banda entrega um Pop Punk bem tradicional, com um refrão marcante guiado por riffs fortes e energéticos. Mais um bom trabalho do Moose Blood, banda que demonstra um forte potencial.

George Ezra – Hold My Girl

Eu até acho que o Ezra tem uma boa voz, mas toda musica do cara é o mesmo popzinho voz e violão chatissimo.

Jeremih – Forever I’m Ready

Nesse novo lançamento, Jeremih entrega linhas vocais nos moldes do que ele costuma apresentar algo que não surpreende muito, mas também passa bem longe de desagradar. Mas por sua vez o que surpreende e muito nessa musica é a produção que entrega um R&B com ambientação retro que acabou se encaixando de forma excelente.

Teenage Wrist – Waitress

O Power Trio apresenta nessa musica sua formula da sorte ou seja um Garage Rock pesadíssimo com riffs sujos, vocais introspectivos e uma vibe toda melancólica e revoltada. Musica totalmente recomendável.

The Neighbourhood – Flowers

Parece que o The Neighbourhood realmente não se decidiu em qual lado investir, se vai se manter no Indie Rock que deu nome ao grupo ou se envereda para o Pop onde a banda vem tendo bons resultados. Essa musica é a prova disso, eles fazem uma musica bem Indie Rock, mas que em diversos momentos tenta mostra elementos do Pop. Por fim a musica não se acerta em nenhum dos estilos.

Buddy feat. A$AP Ferg – Black

Temos aqui uma bela colaboração, Buddy e Ferg mostram uma boa sintonia nessa musica e os dois rappers acertam muito a mão em seus versos e ainda vão na medida na entrega de um flow que casa perfeito com o marcante beat.

Vince Staples – Get The Fuck Off My Dick

Como de costume Vince Staples entrega mais um trabalho muito a cima da média. O rapper não polpa palavras em seus pesados versos entregues pelo seu flow mais contraído e lento que se alinha em perfeita sintonia com o beat minimalista.

Sea Girls – Eat Me Whole

Indo em uma linha bem pra cima e divertida, os caras do Sea Girls lançam uma musica muito simples, mas extremamente satisfatória. Parece impossível ficar parado ao ouvir os riffs cativantes ao lado dos grooves agitados e energéticos.

Zeca Baleiro – Envolvidão

Um drama recorrente chamado “musica nova do Zeca Baleiro”.

Logic feat. Big Sean – Wassup

O primeiro verso do rapper na musica eu achei um pouco maçante, mas com a entrada de Big Sean a musica começa a se acertar. E quando Logic apresenta seu segundo verso com seu característico speedyflow e um lírico insano tudo volta ao status quo.

Um comentário em “PIPE OFF: RPS 22# – Logic, Sia & Jason Derulo(12/03/2018)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *