PIPE OFF: RPS 27# – ZAYN, Nicki Minaj & G-Eazy(16/04/2018)

Nova edição do RPS no ar, essa semana entre os lançamento temos ZAYN, Nicki Minaj, G-Eazy e muito mais. Então uma boa leitura a todos!

ZAYN – Let Me

O começou com um enfoque no R&B Alt se utilizando bastante de sintetizadores eu achei bem interesse, mas a entrada no refrão com uma vibe bem Pop padrão não funcionou tão bem. Ou seja uma musica tem alguns bons momentos, mas peca bastante nos principais.

Versalle part. Dona Cislene – Coração de Merda

Rock Alternativo com uns riffs bem sujões meio stoner, o estilo de rock que ta em alto hoje em dia. Nada de muito surpreendente, mas uma musica bem boa no geral.

Mc Loma e As Gêmeas Lacração part. Os Cretinos – Lacração

Uma musica da Mc Loma pela piada até vai, mas podia ter parado por ai. Ter que aguentar mais uma musica com esse autotune torando fica difícil.

Wesley Safadão part. Anitta – Romance Com Safadeza

A produção misturando Funk com Forró ficou muito bem feita, mas achei bem pouco interessante todo o resto. Pareceu-me muito mais uma tentativa de criar um “Voce Partiu Meu Coração” Parte 2, do que de criar algo novo.

Kid Cudi – The Rage

Longe de ser uma das melhores faixas do Kid Cudi até por ser feita para ser trilha de filme, mas ainda sim é uma musica interessante e vale a pena ouvir simplesmente por ter o Kid Cudi.

Claudia Leitte – Pode Ter

Alguém pare a Claudia Leitte por favor, cada lançamento novo da cantora que escuto, eu perco um dia de vida.

Nicki Minaj – Barbie Tingz

Parece que o sucesso astronômico da Cardi B, fez a Nicki Minaj lembrar que ainda é rapper. Ainda sim o nível dos versos são bem fracos, só o beat salva.

Janelle Monaé feat. Grimes – Pynk

O começou da musica não estava me agradando, a vibe Pop soft estava achando bem caído, mas na virada da musica entrando os riffs de guitarra mudou tudo. Excelente trabalho da Janelle, que como de costume acerta a mão e entrega mais um som de muito bom gosto.

G-Eazy feat. Yo Gotti & YBN Nahmir – 1942

Musica de altos e baixos, os versos do Eazy e do Nahmir são bons e carregam bem a musica, mas o Gotti vai bem mal na sua parte entregando umas linhas bem fracas e o beat com pouca alteração também não ajuda.

nothing,nowhere – rejecter

Outra excelente faixa do rapper, incrível como ele consegue criar uma vibe tão melancólica para suas musicas. Nothing,nowhere passa todo o peso de sua letra em cada momento da musica.

Matheus & Kaun – Investimento

Investe em outra coisa, mas não investe nesse musica.

Bebe Rexha – Ferrari

Achei bem fraca a musica, Bebe tentou ir para uma linha de Pop meio Kelly Clarkson que realmente não funcionou. Acabou ficando uma cara bem brega.

Robotaki feat. City Fidelia – Satisfied

Robotaki demonstra com essa musica porque merece estar nas listas de promessas da produção musical. A dupla entrega uma faixa repleta de belas melodias, com uma atmosfera de Funk meticulosamente construída ao decorrer do som alem de uma interessante evolução dos elementos eletrônicos com destaque para os sintetizadores. Com esse estilo de produção pouco convencional e muito icônico fica difícil não se surpreender com os trabalhos dos caras.

Tinashe – No Contest

Eu acho a Tinashe uma cantora com muito potencial, mas vem sendo recorrente os deslizes da cantora. Mais um lançamento bem fraco, falta algo que realmente mostre a identidade dela.

5 Seconds of Summer – Youngblood

O desespero da banda de voltar ao topo das paradas está tão grande que a banda esta atirando para todos os lados. Nesse novo lançamento eles arriscam um Pop Rock com elementos de R&B Alt que simplesmente não funcionam. Se eu fosse a banda se mantinha no Pop Punk padrão para ao menos manter os fãs atuais.

Royce Da 5-9″ feat. Ashley Sorrell – Stay Woke

Royce entrega uma carga gigante de versos pesados em cima de um beat carregado, um verdadeiro Hardcore Rap. O final com Ashley entrando com os vocais melódicos e suavizando o clima da musica foi perfeito para encerrar um som construído em cima de uma atmosfera violenta.

Dani Russo – Jeito Malicioso

Dani Russo mais Funk Soft com cara de Pop, pior que isso impossível.

50 Cent feat. PnB Rock – Crazy

O inicio da musica com PnB Rock entregando uns versos melódicos eu achei bem legal, mas as partes do 50 Cent ficaram bem estranhas. O Rapper optou por uma levada nos seus versos que deixaram a sua parte da musica com um ar bem estranho.

Dierks Bentley – The Mountain

Lançamento bem interessante do Dierks, vocais bem solidos, riffs de guitarra bem marcante e uns grooves de bateria moldando a musica. Ou seja a formula perfeita para um bom country.

Snow Patrol – Life On Earth

Snow Patrol é basicamente o Oasis sem tanto glamour, mas que consegue ser tão ruim quanto. Musica fraquíssima, na linha do que a banda costuma lançar.

Lil Pump – Esskeetit

Recuso-me.

Allen Stone – Brown Eyed Lover

A voz do Allen é algo surreal, o talento vocal do cara é algo difícil definir. Toda essa qualidade vocal somado a uma boa produção que consegue criar um belo arranjo que transita entre o R&B e o Soul de forma muito uniforme.  Fica difícil não sair um excelente trabalho.

Louis the Child feat. Wafia – Better Not

Gosto bastante dos trabalhos do Louis The Child, mas essa musica deixou a desejar. Sem entregar nada de novo, o duo vai em uma linha bem Pop e pouco criativa.

Bazzi – Myself

A produção ficou bem interessante, fazendo umas pequenas quebradas de ritmos. Mas o Bazzi entrega uns versos bem esquecíveis que não se encaixam com o instrumental.

Powers Pleassant feat. Joey Bada$$ & A$SAP Ferg – Pull Up

Powers teve uma otima escolha de chamar dois talentosos rappers para dividir a faixa com ele. Os três estão bem nos seus versos cada um dentro da sua pegada. No geral um bom lançamento, espero que o Powers mantenha o nível desse mais recente trabalho.

Cavaleiros do Forró part. Márcia Fellipe – Quando Eu Ligo para Você

Não atende.

Carrie  Underwood – Cry Pretty

Nesse novo lançamento a cantora entrega um Country Pop bem brega. Não que seja muito surpreendente já que esse é o tipo de musica que fez a cantora ficar conhecida, o problema é que são musica extremamente difíceis de aturar.

Amy Shark – I Said Hi

Tive opiniões mistas sobre essa musica, a voz da Amy é muito bonita, e cativa facilmente. Mas a pegada Indie Pop da musica não funciona e tira muito dos atrativos da musica.

Florence + The Machines – Sky Full Of Song

Já tentei mais de uma vez gostar da Florence, mas toda vez que eu escuto ela sempre tenho a mesma opnião, são musicas extremamente maçantes e que pouco cativam. Essa musica é mais um exemplo disso.

6ix9ine – GOTTI

Para não falar que essa musica não é igual todas as musicas do rapper, aqui pelo menos ele não passa o som todo gritando um monte de frases sem o menor sentido. De resto a mesma merda de sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *