PIPE OFF: RPS 31# – Childish Gambino, Rita Ora & Arctic Monkeys(14/05/2018)

Nova edição do RPS no ar, essa semana entre os lançamento temos Childish Gambino, Rita Ora, Arctic Monkeys e muito mais. Então uma boa leitura a todos!

Rita Ora feat. Bebe Rexha, Charli XCX & Cardi B – Girls

A junção de 4 cantoras com nome no Pop Main Stream poderia gerar um resultado no mínimo curioso, mas a verdade é que a musica pouco surpreende e é facilmente esquecível.

BRAZA – Liquidificador

O ultimo lançamento da banda tinha sido uma musica bem mais suave do que eles costuma apresentar. Mas nesse novo lançamento a banda volta a swingueira do Reggae misturando com uma gigantesca cartela de referencias. Ótimo lançamento, ou seja BRAZA sendo BRAZA.

Matheus & Kauan part. Anitta – Ao Vivo e a Cores

A musica tem uma produção que se afasta muito do sertanejo universitário que a dupla costuma fazer, indo mais para um Pop com elementos bem moderno. Apesar de a produção ser bem feita, a musica é fraca e não apresenta nada que cative.

Selena Gomez – Back To You

O tipo de Pop radiofônico esquecível que a Selena Gomez costuma apresentar.

De Hofnar feat. Avi on Fire – Moving On

Dance com uma clara influencia de Funk, no geral uma musica bem divertida. A produção do De Hofnar acerta na forma de adicionar os elementos a musica, e os vocais do Avi caem como uma luva para a levada funkada da faixa.

Tropkillaz part. Major Lazer, MC Kevinho & Busy Signal – Loko

A produção misturando Funk e Dancehall do Tropkillaz junto com Major Lazer como já era de espera é muito boa, mas a musica perde muito com a participação do MC Kevinho que não se adapta bem a mistura de elementos e fica bem deslocado.

Childish Gambino – This is America

Difícil falar algo sobre essa musica que ainda não foi falado dês do lançamento dela. Excelente trabalho como já é de costume nas faixas assinadas pelo Childish Gambino. A musica é perfeita do primeiro ao ultimo segundo e consegue criar um arranjo que de uma forma muito fluida misturar elementos pesados e suaves.

Jungle – Happy Man

Mais uma excelente faixa lançada pela banda, dessa vez eles apostam na mesma sonoridade que fez o grupo ganhar destaque. A faixa traz a já conhecida mistura criativa do Soul com Indie Rock da forma cativante que a banda costuma apresentar.

John Mayer – New Light

Musica com uma vibe bem retro misturando elementos mais Pops com Funk e Blues. A musica é bem simples, e muito agradável de ouvir. E claro os destaque ficam para os excelentes riffs de guitarras entregues por Mayer que criam belas camadas.

Charlotte Lawrence – Keep Me Up

Bom lançamento, apesar de ser um dos primeiros Singles da cantora, Charlotte já demonstra muita personalidade. Com uma base forte, a musica é um Pop com uma vibe bem obscura cheia de ganchos que mostram todo o talento da cantora.

Ego Kill Talent – Diamonds and Landmines

Os músicos da banda até mandam bem, mas realmente não consigo me interessar pelas musicas que eles lançam. Para mim é só uma repetição de elementos requentados do Hard Rock e Heavy Metal dos anos 2000.

J Balvin feat. Zion & Lennox – No Es Justo

Muito parecida com os últimos lançamentos do Balvin, um Reggaeton padrão que não é ruim, mas também não acrescenta muito. Sinceramente acho que o cantor deveria dar uma segurada nessa enxurrada de lançamento, as musicas estão todas muito parecidas e vão acabar enchendo os fãs.

Joji – Yeah Right

R&B com uma vibe bem Lo-fi, basicamente se utilizando dos elementos que estão em alta na musica Pop. No geral uma musica ok, nada de muito impressionante, mas também bem longe de ser ruim.

Arnaldo Antunes – A Samba

Arnaldo Antunes fazendo um samba raiz, que vergonha alheia.

Arctic Monkeys – Four Out of Five

O som do Arctic Monkeys nunca me desceu, mas nessa musica parece estar ainda pior. A banda se utiliza de varias referencia musicais, mas de uma forma pouco autentica e criativa. E o resultado acaba sendo uma faixa extremamente chata que parece levar horas para acabar.

Buddy – Trouble On Central

Trazendo uma vibe bem anos 90, Buddy entrega um R&B com fortes influencias do Funk que servem de base para seus belos versos que embelezam a musica. Ótimo lançamento, mostrando que o Rapper não manda bem só no Hip Hop.

Naiara Azevedo – Buá Buá

A musica é tão ruim quanto o nome dela.

Lenny Kravitz – It’s Enough

Preciso confessar que mesmo ouvindo essa musicas algumas vezes, ainda não consegui criar uma opinião concreta sobre ela. A faixa tem quase 8 minutos de duração e por isso podemos ver o musico indo por diferentes lados, dês de coisas mais Pop’s até momentos mais experimentais. E essa quantidade de diferentes conteúdos é o que me deixou meio confuso em relação a estabelecer uma opinião. Por fim recomendo que escutem e tirem as próprias conclusões, ao menos posso garantir que muito bem tocada e produzida ela está.

Skepta – Pure Water

Mais uma vez Skepta mostra porque é um dos maiores nomes do Rap Grime. O rapper vai direto ao ponto na musica, apresentando versos agressivos que são acompanhando por um beat marcante com os graves em destaque.

Belo part. Simone & Simaria  – Tá Fazendo Falta

Tá fazendo falto, o tempo que perdi ouvindo essa musica.

Charlie Puth – Patient

Boa faixa, essa é o tipo de musica que eu gostaria de ver o Puth fazendo mais. A faixa é um R&B bem suave que consegue mostrar o talento vocal do cantor e um lado dele que deveria ser mais explorado.

Lemaitre feat. Betty Who – Rocket Girl

Junte um duo de excelentes produtores com uma cantora talentosíssima, e o resultado será essa musica. Excelente lançamento, a produção impecável apresenta riffs de baixo com muita intensidade, sintetizadores marcantes e um arranjo glorioso. Já os vocais da Betty são um esculacho como é de costume em qualquer musica que tem o nome da cantora envolvido, sem duvida um dos melhores lançamentos dessa semana.

Ski Mask The Slump Gof feat. Danny Towers – GEEKIN

A musica tem uma excelente produção que entrega um beat soft bem em uma linha Lo-Fi. Mas os versos do Ski Mask são bem descartáveis e ficam bem abaixo do nível do beat.

Christina Aguilera – Twice

Se no lançamento anterior a cantora optou por uma produção que sai da sua zona de conforto, aqui o que temos e basicamente um Pop voz e piano daqueles que já ficaram batidos.

Chromeo – Bad Decision

A faixa segue a linha dos últimos lançamentos do duo. Ou seja uma qualidade a cima da média na produção e um refrão bem chiclete para grudar na cabeça. Mais um bom lançamento dos caras.

Jake Paul feat. SUNNY & AT3 – My Teachers

O rap morre um pouco cada vez que Jake Paul lança uma musica.

Meghan Tainor – Let You Be Right

A musica em si não me agradou tanto, mas apresentou um arranjo que em certos momentos se aproxima do Synthpope que junto da voz da cantora se encaixaram bem. Creio que seria interessa ver a Meghan deixar esse Pop mais tradicional, e partindo para um lado mais Synthpop.

Elujay – Starchild

Elujay mostra nessa faixa mais um dos seus R&B Alt’s, com toda a sua suavidade o cantor apresenta belas linhas vocais que se misturam com delicados riffs de guitarra e uma agradável linha de piano.

Dave Matthews Band – Samurai Cop

A musica é muito bem tocada como qualquer outras da banda, mas eu não gostei da linha melódica que ela tomou, esperava algo mais energético como primeiro Single do disco novo. Espero que as próximas musicas do álbum sejam diferentes dessa.

Noah Cyrus feat. MAX – Team

Popzinho voz e violão daqueles que aparecem de monte.

Next Town Down – Easy

Mais um belo trabalho da banda, a forma que eles conseguem criar um som extremamente moderno misturando R&B e Soul é sem duvida algo que merece ser destacado. Também vale um destaque especial para as linhas vocais dessa musica que está um primor.

Bastille – Quarter Past Midnight

Idêntica a outras musicas do Bastille, do instrumental a produção tudo exatamente igual. Para quem curte a banda e não vê problema nessa estagnação pode ouvir essa sem medo.

Ne-Yo – APOLOGY

Legal ver o Ne-Yo apresentando uma faixa com um R&B mais soft se aproximando do Alt, mostrando que o cantor está antenado com o que está em alta na musica Pop. A musica é muito bonita tanto pela bela letra quanto pelas ja conhecidas linhas vocais do cantor.

Rayland Baxter – Cassanova

Rayland tem ume estilo de Country bem singular, e que é muito agradável de ouvir. Essa faixa me lembra certas musicas do Uncaged do Zac Brown Band que é meu álbum de Coutry favorito, então nem preciso dizer o quanto gostei dessa musica.

KYLE feat. 2 Chainz & Sophia Black – Ikuyo

KYLE teve lançamentos recentes bem melhores, ainda sim a musica não é de todo mal. O rapper entrega alguns versos bem convincentes e as participações também não atrapalham.

lil aaron feat. Travis Barker – QUIT

Imagine se o Blink 182 tivesse uma musica remixada como Rap Trap, é basicamente isso o que é essa musica. Sinceramente ela não nada de muito interessante, mas é uma musica divertida.

IDK feat. Joey Bada$$ & Russ – Lil Arrogant

Essa musica já saiu tem umas semanas, mas só chegou agora no Spotify e como ela é muito boa resumi citar aqui. A faixa tem uma pegada bem Rap inicio dos anos 2000 e os três rappers estão muito bem nos seus versos entregando os seus flows característico que se encaixam bem com o beat.

Um comentário em “PIPE OFF: RPS 31# – Childish Gambino, Rita Ora & Arctic Monkeys(14/05/2018)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *