PIPE OFF: RPS 33# – Pharrell Williams, Clean Bandit & Backstreet Boys(21/05/2018)

Nova edição do RPS no ar, essa semana entre os lançamento temos Pharell Williams, Clean Bandit, Backstreet Boys e muito mais. Então uma boa leitura a todos!

Pharrell Williams feat. Camila Cabello – Sangria Wine

Bom lançamento, que se destaca principalmente pela produção que se aproxima muito de trabalhos mais antigos de Pharell no N.E.R.D.. Alem disso a mistura de um Pop Dub com elementos latinos trazidos pela Camila deram um tempero diferente para o som.

MC Kekel – Deixa Rolar

É meio Funk Soft, mas a vibe que essa musica tem no estilo dos Funks antigos dos Mc’s Leozinho, Marcinho e Sapão acaba deixando a musica bem legal.

Gaby Amarantos – Sou Mais Eu

Arrocha com uma pegada bem lenta que não ficou legal.

Christina Aguilera feat. Demi Lovato – Fall in Line

Musica sem duvida bem melhor que os lançamentos anteriores que fazem parte desse novo álbum da Chirstina. Não vou falar que ela me agradou totalmente, mas ficou legal ver as duas cantoras mostrando seus potenciais vocais em cima de um belo arranjo de um R&B com um toque gospel.

The Kooks – No Pressure

Um Indie Rock bem padrão, mas que é até divertido de ouvir.

Rionegro & Solimões – Vidinha Mais ou Menos

A vidinha é mais ou menos, mas a musica é ruim.

Clean Bandit feat. Demi Lovato – Solo

Apesar de ter uma qualidade bem questionável, o Clean Bandit sempre foi um grupo conhecido pelo seu instrumental orgânico, mas nessa musica a banda pega seu principal atrativo e joga no lixo e aposta todas as fichas em uma produção EDM totalmente esquecível.

Pense – Todo Momento É o Agora

Um baita soco na cara essa musica, Hardcore sinistro entregue pela Pensa. A letra rica de idéias, junto dos riffs acelerados, os grooves violentos da bateria e o vocal gritando do fundo do seu âmago é a formula perfeita.

Mc Elvis – Seu Zé

Era melhor quando só a festa era na casa do Seu Zé.

Jennifer Lopez fea.t DJ Khaled & Cardi B – Dinero

JLo e a arte de passar vergonha, que musica tosca. O pouco que se salva são os versos da Cardi B.

Jay Rock – WIN

Os primeiros versos do rapper na musica não são ta bons, mas a musica vai tendo uma crescente e com ela os versos vão ficando bem mais interessante. Já o beat é excelentes dês dos seus primeiros segundos, com destaque para os chamativos trompetes que dão o tom da musica.

Bullet For My Valentine – Leting You Go

A banda tem cada vez mais se aproximando do Hard Rock Moderno, o que me parece uma decisão pouco inteligente. Visto que é um estilo que não valoriza as habilidades musicais dos integrantes do grupo e muito menos é um estilo que está em alta.

Backstreet Boys – Don’t Go Breaking My Heart

Excelente lançamento da boyband, uma musica com uma sonoridade bem moderna ao mesmo tempo em que entrega elementos retros principalmente no uso de sintetizadores. Destaque para os grooves com drop e  especial para as linhas vocais de todos os integrantes do grupo que criam varias camadas na music .

Kevin Gates – Let It Sing

Com um beat marcante, uns versos divertidos e o seu flow característico, Bates entrega uma musica que esta longe de ser um ótimo lançamento, mas como de costume tem um resultado minimamente agradável.

Five Fingers Death Punch – Fake

A mesma forma batida de fazer New Metal que a banda apresenta a muito tempo, me questiono porque eu gostava disso.

Diplo feat. French Montana, Lil Pump & Zhavia Ward – Welcome to The Party

A musica fica toda focada na produção do Diplo que é quem carrega o som entregando um beat pesado com uma cara bem de EDM’s antigos. Já as participações pouco acrescentam e são totalmente esquecíveis.

Russ – Back to Life

Incrível como o rapper consegue manter sempre uma qualidade alta em suas musicas, mesmo lançando musicas praticamente toda semana. Nessa nova faixa Russ apresenta um beat bem orgânico com uma levada suave e divertida que faz um total contraponto aos versos pesados que são entregues. Mas umas excelente lançamento desses que ja tornou um dos meus rappers favoritos da atualidade.

Bella Thorne – B*TCH I’M BELLA THORNE

Que vergonha alheia essa musica.

OneRepublic feat. Logic – Start Again

Mais um Pop Rock genérico da banda, o único diferencial fica para a participação do Logic que dá uma salvada no som, mas não o suficiente para deixar a musica boa já que ela é extremamente rápida.

YUNGBLUD feat. Charlotte Lawerence – Falling Skies

YUNGBLUD é realmente um artista surpreende, o cara já mostrou muito talento dentro de diversos gêneros musicais. E dessa vez o cara vai muito bem em uma musica que varia entre um Rap e um Pop Alt, é surpreendente ver o cantor mostrando muita habilidade nos versos de rap.

Lil Baby feat. Drake – Yes Indeed

Faixa bem fraca, os dois rappers entregam versos bem esquecíveis e o beat que se repete a exaustão não ajuda em nada.

KYLE feat. Alessia Cara – Babies

Esse novo lançamento se afasta muito dos últimos lançamentos do rapper, ainda sim a musica é muito boa. Nessa nova musica, KYLE deixa de lado o seu Rap Trap e aposta em um belo dueto de R&b mostrando outro lado do cantor, lado esse que deveria aparecer mais. A participação da Alessia Cara como já era de se esperar é muito boa sendo uma cereja para o bolo.

Nick Grant feat. Stacy Barthe – Black Woman

A musica caminha em uma base bem comum dentro da carreira de Nick, nada de muito novo no beat ou no flow do rapper. Mas a letra é algo tão belo que faz a musica ter um lado especial, um excelente trabalho.

Tyga feat. Offset – Taste

Todos os méritos dessa musica vão para D. A. Doman que produziu um excelente beat que é basicamente tudo de interessante que a musica tem, os versos dos dois rappers pouco acrescentam a musica.

Tiesto feat. Dzeko, Preme & Post Malone

Que som tosco, nem parece que o beat do Tiesto foi feito para se encaixar com o vocal das participações.

Alex Da Kid feat. Rapsody & H.E.R. –  Go

É muito bom ver um trabalho mais autoral de Da Kid, onde ele não tem que seguir um padrão da musica Pop Main Stream. Nessa musica o cara da uma aula de produção criando uma graciosa batida com suave linhas de baixo e um groove marcante de bateria que se mesclam de forma homogenia com as participações excelentes de H.E.R. e Rapsody.

AS IT IS – The Whounded World

Senti a banda bem perdida nessa musica, tentaram fazer varias coisas e não acertam totalmente em nenhuma delas. Os momentos onde a banda aposta no seu tradicional Pop Punk são de longe os melhores, mas quando a banda investe em um lado mais Pop Rock e depois Post-Hardcore simplesmente não funciona e o resultado acaba sendo uma salada de idéias mal aproveitadas.

Shawn Mendes – Where Were You In The Morning

Um Pop bem soft, a musica é bem produzida e o Shawn Mendes ta bem nos vocais, mas a verdade é que a musica não me chamou muita atenção.

Temi Oni feat. Tierra Whack – Pull Up On You

É impossível não identificar uma grande influencia de Beyonce no som da Temi, mas a cantora sabe usar dessa influencia de uma forma original sem parecer uma simples copia. Nesse lançamentos somos brindados com um excelente R&B lotado de experimentação e elementos não tão comuns na musica do gênero, alem disso apesar de pequena a participação da Tierra acrescenta muito ao resultado final da faixa.

Ghost – Dance Macabre

Ghost já foi uma das minhas bandas favoritas, mas já um bom tempo eu perdi bastante interesse na banda, nem tanto pela qualidade do som, mas simplesmente porque as musicas da banda já não me cativam da mesma forma. Sobre esse novo lançamento, a banda aposta em uma musica com uma vibe bem Pop Rock dos anos 80. No geral é uma musica legal, ainda que não consiga mudar meu atual interesse pela banda que como dito é bem baixo.

Sam Hunt – Dowtown’s Dead

Incrível como o cantor de Country consegue fazer musicas lotadas de carga emocional. Tanto suas musicais mais leves como é o caso dessas como as mais pesadas como “Take Your Time” e “Break Up In A Small Town” sempre entregam um soco de melancolia. Ótima faixa, Hunt sempre bem nos vocais e um instrumental bem leve que só conduz para deixar o foco nos vocais.

Cautious Clay – French Rivera

A grande revelação dessa edição, Caitous apresenta um R&B misturado com Soul de uma forma bem alternativa se apropriando de elementos presentes no estilo e misturando com muita originalidade e criando uma musica leve e agradável de se ouvir, mas rica em detalhes.

Lil Peep – 4 Gold Chains

Mais trabalho póstumo do jovem rapper que infelizmente veio falecer no final do ano passado. E nessa nova musica temos Peep apostando em um lado muito mais experimental sem entrega nenhum verso que marque como refrão ou algo parecido, não que isso seja um problema já que a musica em nenhum momento precisa disso para ter uma boa qualidade. A linha mais suja e nebulosa da faixa pode ser uma amostra do que o rapper pretendia para suas futuras musicas. Um bom lançamento, que deixa um triste pensamento sobre todo o potencial que Lil Peep tinha para mostra e que infelizmente não vamos presenciar.

Betty Who – Taste

Betty é uma artista imparável, a cantora já transitou por diversas áreas da musicas e o resultado de suas novas experiências são sempre musicas incríveis. Nesse novo lançamento a cantora entrega um Pop com muita originalidade que se mistura muito com o atual R&B Main Stream. Uma bela faixa que só nos deixa mais curiosos para saber o que vem pela frente na carreira da cantora.

Nine Inch Nails – God Break Down the Door

A banda de Trent Reznor sempre esta mudando sua sonoridade e a apresentando novos elementos ao seu som. Nesse lançamento, a banda apresenta uma musica frenética, inquieta e que mostra com riqueza de detalhes a mutação que é o Nine Inch Nails.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *