Pipebomb 33# – Brand Split e os segredos de Triple H.

E quem diria que chegaríamos a três podcasts em um ano? NUMERO MAGNIFICO!  Nesta edição reunimos Lequinho (eu mesmo, de volta ao posto de editor), Joker (cansado e puto), Luan (lépido e fagueiro), Captain (calado e inútil) e LKS (entorpecido e atrasado) para falar da mais nova/velha novidade da WWE: o Brand Split. Comentaremos as coisas que sentimos falta da época em que isso existia, falaremos de Wrestlers esquecidos e revelaremos inúmeros segredos do Triple H, porque desvirtuar o tópico é a nossa habilidade primordial. Ainda no final temos uma magnifica sessão de abraços, leitura de (um) comentários e muito mais.

Lembrem-se sempre de acessar nosso FACEBOOK e nosso TWITTER para informações do mundo do Pro Wrestling, coberturas ao vivo e notas para os melhores PPV’s da luta livre mundial.

DIVULGAÇÕES

A Boca

This Is Pro Wrestling

Behance: Luan Bonato

Marketing Criativo

Twitter Marketing Criativo

The Best of Wrestling Brasil

Joker Ratings

Porrada no Ouvido

E acessem também nossos parceiros ao lado!

 

 

Leia Mais

LKSHOW II

SHOWTIME! Estamos aqui, diretamente do Rio de Janeiro (naquele calor de 80ºC) para a segunda edição do L.K.S.H.O.W! Hora de sentar, pegar seu doritos, fechar o xvideos (depende, as vezes alguma palavra será a chave para a sua imaginação, seus safadinhos). Hoje temos muitos assuntos. Tivemos um Pay Per View, um evento de luta livre de verdade, o melhor RAW do ano, uma crowd incrível, Vince McMahon e o início do #ROMANEMPIRE. Tá na hora do pau.

(mais…)

Leia Mais

VOCÊ É O BOOKER!

Crianças da minha imensa comunidade do wrestling na internet desse maravilhoso território tupiniquim, eu sou um little nigga com muitos sonhos. Além de ser dono do maior cartel de drogas da Zona Norte carioca, desejo um dia também ter a oportunidade de escrever um roteiro para uma sequência de histórias na luta livre, isto é, ser um booker. Fazer um script é dar o primeiro passo para criar uma futura lenda, MAS, a russagem1 pode te pegar a qualquer instante da sua carreira. Muitos escritores já foram infectados pelo vírus mortal de Vince Russo, mas conseguiram se recuperar.

Alguns dos esportes mais populares do nosso querido planeta azul tem simuladores aonde você é o manager, isto é, você é o dono do pagode. O futebol é o exemplo de sucesso, aonde Football Manager e Championship Manager caíram no gosto do povão, e aqui no Brasil temos o querido jogo do nosso pai de todos, Emannuel, o BRASFOOT! Nesses jogos você também é o profexô2 e pode montar sua equipe da forma que lhe convir, escalando no mesmo time Ronaldinho, Didico e Romário no ataque do poderoso IPATINGA, claro, se você tiver uma quantidade considerável de dilmas no caixa.

Já que vários esportes possuem jogos com essa pegada de simulação, aonde você é o administrador, por que não teríamos um jogo para nosso poderoso Telecatch3? Pensando nisso, em 1995, Adam Ryland elaborou um simulador aonde você é o presidente da empresa, e o melhor de tudo, você é o booker principal!!! Nascia assim o Extreme Warfare Revenge, que curiosamente está completando 20 anos de existência no nosso querido 2015.

Algumas versões foram lançadas, até que em 2002 veio a lenda. A WWF acabara de se tornar WWE graças à dois pandas falantes que convenceram Vincent Kennedy McMahon a ceder o direito sobre a sigla à eles após exalarem uma quantidade espetacular de fofura. Em maio, então, é lançado o Extreme Warfare Revenge 4.2, o simulador mais foda de luta livre a pisar na terra até aquele momento. Um jogo com praticamente todas as funções possíveis para uma boa federação, uma boa quantidade de segments (porém com o pequeno pecado de esquecer algumas funções importantes, nada que afete o jogo no conjunto da obra).

O EWR 4.2 foi um sucesso entre os fãs do nosso querido PW, e como era facilmente editado, foram criados diversas modificações para o jogo, com updates de cada ano ou até mesmo dos meses de cada ano recentemente. Também temos MODs com períodos passados, com rosters impecáveis e o real cenário daqueles anos, como por exemplo quando a WCW liderava a audiência e apelava com seus personagens super fodas, controlar a WWF era mais difícil. Existem também com histórias hipotéticas para download, como Bret Hart comprando a WCW, ou a TNA vindo a ser uma nova brand da WWE.

O titio não é velho, porém tem experiência nessa comunidade, e vivi uma era de ouro nas comunidades do Orkut4. Curiosamente lá existiam outros fãs de EWR que montavam diários mostrando como estava indo sua bookagem. Algumas histórias rendiam por anos, faziam sucesso, outras como deste preguiçoso duravam algumas semanas, mas faziam a alegria da criançada. Devido a inexistência de fóruns completos como era o Orkutão da galera, hoje a prática não tem mais um grande sucesso.

Após o EWR 4.2, ainda houve um novo jogo, chamado Total Extreme Wrestling, mais completo, encorpado, moderno, com versões de 2004, 2005 2010 e 2013. Nessa versões há novas opções como a adição de Ironman Matches e a mudança do sistema de Ratings, que variava entre 0 e 100, agora se dá por letras. Jogar EWR e TEW são ótimos passatempos, tem suas manhas, e você pode descobrir tudo sobre o jogo, tutoriais, modo de instalação, downloads, aqui ó: http://www.ewwarehouse.info/mod-index/ew-mod-index/

Bom final de semana crianças, até a próxima!

 

 

  • 1 – Russagem: Booking mal executado, isto é, fazer cagada.
  • 2 – Profexô: Técnico da boleiragem
  • 3 – Telecatch – Aquela lutinha de mentira
  • 4 – Orkut: rede social da idade média

Leia Mais

Pipe Bomb - WHAT? Stone Cold

BADASS!

Não importa o que você faça, eu não gosto de você. Você pode ser o melhor no que faz, as pessoas podem te amar, mas eu não sou como as pessoas. Pessoas tem vontade de fazer você perder todos os dentes da boca? Também não gosto deles, sou um lobo solitário, eu chego, incendeio o local, saio. Durmo, como, conquisto, repito. Não estou aqui para jogar o jogo, eu sou o jogo. Voô em jatinhos, passeio em limousines. Eu sou o melhor do mundo. Eu não preciso de toda essa merda que você julga ser importante, eu sou um Badass. (mais…)

Leia Mais

Pipe Bomb - Wrestlemusica

WRESTLEMUSICA GOES EXTREME!

Vamos para a segunda edição do nosso quadro musical e não semanal sobre música e luta livre. Como sempre, não fazia a menor ideia do que escreveria no tema dessa semana. Pensei em alguns assuntos que poderiam realmente levar a textos maiores, porém achei esse bem interessante, além de rápido. Sim amigos, é vapt vupt.

Estamos no mês do Pay Per View em que a WWE vai ao extremo dentro dos ringues(pausa para o riso) isso mesmo, estamos em tempos de Extreme
Rules, o único pedaço de ECW que ainda resta no mundo, mesmo assim completamente desassociado a antiga empresa de Paul E. Dangerously, Sandman, Dreamer e companhia. Se considerarmos o Extreme Rules como o antigo One Night Stand (o que eu acho plausível) teremos o décimo ano do evento, já que o primeiro que reuniu os Originais da ECW na WWE ocorreu em 2005.
Naquele evento, no Hammerstein Ballroom reuniu antigos lutadores da ECW, mesclando os lutadores da WWE que passaram pela a federação do extremo, gerando encontros como de Lance Storm e Chris Jericho e Chris Benoit enfrentando Eddie Guerrero. Mas como isso irá nos levar ao tema da semana? A resposta é simples, nesse PPV chegamos ao tema do nosso WrestleMusica II.Quando você pensa em ECW e uma música para descrever todo o conjunto? Em minha mente já surgem duas, e uma delas foi lançada depois do fim da ECW. Quando os corpos batem no chão, como vocês se sentem? Drowning Pool lançou a theme que desde 2001 é um quebra galhos para a WWE, usada para muitos eventos e muitos momentos. Theme da ECW/Alliance, do SummerSlam de 2001, e atualmente a antiga marca da ECW.
Considero o Drowning Pool como uma das bandas que fatalmente não conheceria se a WWE não surgisse na minha vida, e Bodies uma das músicas
que eu levarei para a vida toda. Em 2005 ela foi a música tema do One Night Stand, e em 2006 também, e por um bom tempo da nova brand da WWE, a ECW. Eu realmente não consigo imaginar aqueles PPVs sem essa música, e esse momento de renascimento da ECW marcou aquela metade da década, e na Alliance também marcou, porém aquela época gerou um compilado de themes inesquecíveis.
Ela merecia um tempo só para ela, e teve, e marcou.
LET THE
BODIES HIT THE FLOOOOOOOOOOOOR!!!! 

Leia Mais

Pipe Bomb 02# (ao vivo): TLC, Melhores da Semana e do Ano, Fim de Mundo e Natal

Pipebomb Podcast #2
Pipe Bomb Podcast #2

Bom para quem não pode ver a Stream, esta aqui o cast de Fim do Mundo do Pipe Bomb, peço desculpa por possíveis erros essa foi nosso primeiro teste ao vivo, em breve voltaremos com uma próxima edição.(que se deus quiser não sera ao vivo porque da um trabalho da P#RRA)


Nessa segunda edição(ao vivo) Lequinho, Joker, Luan, Vinne e LKS discutem o TLC,  fazem um rápido resumo da semana e do Ano,  discutem o fim do mundo, mandam muitos beijos, cantam(ou tentam) e conta ótimas(so que não) Piadas.

Blocos:
Bloco 01 e 02#: Apresentações e TLC
Musicas entre Blocos: Metallica-Blackened e Iron Maiden-Two Minutes to Midnights

Bloco 03 e 04#: Resumo da Semana e do Ano no Wrestling
Musicas entre Blocos: CMPM 22- 1 Minuto para o fim do Mundo, Europe-Final Countdown
Bloco 05#: Fim do Mundo, Rock in Rio, Natal, Dicas, Piadas, Despedidas e uma bela canção

 
Até a Próxima Edição! Deixe seu comentário, seja criticando, dando dicas, e fazendo sua pergunta para nós respondermos na próxima edição!

Leia Mais