taker gonzales streak

Gonzales x Taker ou a pior luta da Streak

Acredito que todo fã de PW com mais de três meses de Lutinha saiba o que é a streak do Undertaker na Wrestlemania, então vamos sem muito contexto aqui. Eu descobri esse feito logo nos primeiros dias assistindo PW no SBT e essa marca nos acompanhou até 2014, data em que a streak se foi, morta vítima de uma luta abaixo do medíocre.

E é esse o nosso enfoque. As lutas da Streak são, em sua grande maioria – e aqui eu estou sendo muito bondoso – medíocres.

Alguns poucos lutadores conseguiram tirar combates proveitosos do homem quase morto e muito calvo. A partir da Wrestlemania 23 tivemos um padrão bom que seguiu até a Wrestlemania 29. Depois disso foi o fim e o que segue não é relevante.

Mas, se todo atleta tem um ápice, certamente também passou por um fundo do poço. Para o garoto ruivo, esse fundo do poço tinha um alçapão mais fundo que a escotilha de Lost e lá  dentro tinha uma pá para ele cavar mais.

Giant Gonzáles vs Undertaker é pior que ir em gravação do programa da Ana HickmanN.

Caso você ainda não tenha percebido, leitor distraído, eu amo um homem. Bom, talvez não o homem em si, mas sim a personalidade, O personagem e toda aura que o envolve nos anos que participou dessa indústria vital. Ah, e eu também gosto do Undertaker.

Os conhecimentos aqui contidos sobre o homem com roupa de 00músculos e pelos são extremamente limitados. Ele, tal qual o Sr Coveiro, teve uma passagem pela WCW e aparentemente foi melhor aproveitado que Calaway. Seu maior feito? Estar algemado a Ole Anderson quando o Sting ganhou o título de campeão.

Sinceramente devia ter continuado assim.

Taker vs Gonzales é o que existe de ruim no burlesco e absurdo. Certamente seria impossível carregar Gonzales em uma luta e, estando em uma época que o Undertaker não realiza muito mais que enforcamentos, clotheslines e Old School – e se você vier com “ain mas ele continuou assim” PAU NO SEU CU – temos aqui um clusterfuck da desgraça doida.

 

Mas a estética me agrada. Na última edição da Newsletter eu falei um pouco sobre como eu gosto do visual das coisas e, sinceramente, essa luta com dois Wrestlers habilidosos teria tudo o que eu gosto em PW: Gimmicks over the top e uma qualidade quase quadrinística para a coisa toda.

Sério, um gigante latino contra um coveiro? THIS IS MONEY.

Mas a luta é uma merda e eu também, caro leitor. Outro dia falamos mais sobre a Streak, porque esse assunto rende muito.

Fique bem, até amanhã.

 

Leia Mais

PipeBomb 39# – Wrestlemania 34

Sim! Foi um longo inverno e o evento já passou há mais de um mês, mas é só o aqui e o agora que vale meus amigos, portanto estamos de volta para falar sobre Wrestlemania 34! Léquinho (lápis), Joker (arte-final) e Luan (cores e letreiramento) se juntam novamente neste ambiente deletério para falar sobre a ocasião mais importante do Wrestling Americano. Falamos sobre o lutador que destrói estádios, analisamos o possível futuro de Ronda Rousey e discutimos sobre o fato de uma criança de 10 anos ganhar um título. Ah, e também teve leitura de comentários hein.

Antes de dar play, lembre-se de nos seguir no twitter e curtir nossa página do Facebook para mais informações. Se quiser, também é possível assinar nosso feed por email para receber todos os nossos posts (o que da uns três por semana).

Então é isso, muito obrigado e espero que gostem do episódio de hoje. Deixe seus comentários!


Até a Próxima Edição! Deixe seu comentário, seja criticando, dando dicas, e fazendo sua pergunta para nós respondermos na próxima edição!

 

Leia Mais

Wrestlemania 33 : A ultima viagem de Undertaker.

 

É velho, ta na hora de se aposentar. Talvez aí dentro ainda soe um gongo te dizendo “só mais uma luta”, aparentando que você ainda tem gasolina para queimar, mesmo que a viagem tenha acabado. A viagem acabou, acaba para todo mundo.  Eu queria achar que você só esqueceu de recolher as luvas e o chapéu no ringue porque a memória não é mais a mesma, entretanto sabemos que não é verdade, também sabemos que é melhor para todo mundo que elas fiquem ali. O homem vindo dos mortos voltou para os mortos, sobrou Mark Calaway, pai de quatro pessoas, metade de três casamentos, fã de motos e de boxe, suposto “líder” de backstage durante muito tempo na empresa vital. Eu vou sempre falar de você como Undertaker, mas para quem importa de verdade, o Undertaker é só mais uma personagem que deixou esse grande teatro. Assim tem que ser, que morra o personagem e a pessoa continue aí.

Visivelmente emocionado ele desceu uma última vez para as profundezas do desconhecido, sua mão levantada em sinal de vitória. Ele, sem sombra de dúvidas, combateu o bom combate e completou a carreira, a fé quem guarda são as pessoas em volta; a fé de que, qualquer hora dessas, outro lutador vai nos dar tantas emoções como o Deadman proporcionou, vai marcar a infância dos nossos filhos como “o homem do vale” marcou as tardes de sábado dos filhos de nossos pais.

Na sua limitação dentro dos quatro quantos de um ringue, você fez o mundo transcender e, por um breve momento acreditar que, a morte leva, mas, algumas vezes, ela joga algo de volta. Infelizmente, o tempo chegou para recolher a bagunça que fez.

Leia Mais

Wrestlemania 32- Uma Noite.

 

Uma das últimas vezes que escrevi para cá estava na mesma posição que agora: sentado na cadeira com um monte de ideias na cabeça, um turbilhão de sentimentos e os fones no ouvido. Mesma posição, situação diferente.

Hoje não é a aposentadoria de um grande Wrestler que me motiva (mesmo que outra já tenha acontecido nesse mesmo fim de semana) mas sim um evento de 7 horas de duração que, horas parece ter 30 minutos, horas parece ter 5 anos. Para todo fã de Wrestling a Wrestlemania significa algo, mesmo que pouco; é provavelmente o principal nome dentre os eventos de Wrestling mundial, mesmo que, para os puristas, o Wrestling faça agora pouco parte do seu cartel dando lugar para o (muitas vezes odiado) entretenimento. Hoje eu vi um dos maiores fan-services da história da WWE, me diverti como não me divertia há tempos na companhia dos outros animais que rodeiam esse ambiente e, ao final, simplesmente não sei o que falar.

Vou apelar para o clichê e começar pelo começo, ou pelo começo antes do começo

(mais…)

Leia Mais

The Undertaker

The Undertaker – Phenomenal

Undertaker – 25 Phenomenal Years of the Deadman

Eu simplesmente não sei como começar a falar do Undertaker, eu posso falar que ele é uma lenda, mas todos sabem disso, eu posso chegar aqui e mostrar estatísticas sobre como ele foi, é e será importante no futuro para a WWE, mas todo mundo sabe que ele é um personagem excepcional e é um exemplo a ser seguido no quesito fidelidade ao personagem, vou falar simplesmente do que eu sinto em relação ao Undertaker, que pra mim é o Maior da História, ponto, pra mim não tem discussão.

(mais…)

Leia Mais