Pipe Bomb - Triple H Undisputed Champion

To Hell and Back | Triple H Undisputed Champion

Triple H Undisputed Champion

The Road to Wrestlemania X8

No clima do Royal Rumble, vou falar do Road to Wrestlemania que fez de Triple H Undisputed Championship, após passar 8 meses lesionado, todo o sofrimento que passou até a Wrestlemania 18, espero que gostem, vamos lá.

Após a Wrestlemania 17, que sem dúvida nenhuma pode ser considerada a melhor Wrestlemania da história eu quando vi pela primeira vez o rumo que estava tomando a WWF achei que era meio sem sentido, porque The Rock estava de saída e quem deveria se tornar o Babyface da WWF seria Triple H, que teve o Main Event da Wrestlemania 17 tirado dele no melhor momento da carreira, antes da Wrestlemania Hunter estava em feud com Stone Cold Steve Austin e no Pay Per View No Way Out tiveram uma das melhores matches que eu já vi, 50 minutos de puro Brawl com ambos não conseguindo nem continuar em pé, uma das poucas matches que contesto por não ter recebido 5 estrelas, mas enfim…

The Rock estava de saída, Stone Cold tinha acabado de ter um Heel Turn (e que ideia ruim), quem seria o Babyface? Triple H claro, ou não, após a Wrestlemania 17 Triple H se junto a Vince Mcmahon e Stone Cold Steve Austin em uma das Tag Teams mais dominantes em termos de personagem da história, ambos no auge, mas como Tag Team, a Tag em si foi legal, tiveram lutas muito boas juntos, principalmente contra Chris Jericho e Chris Benoit, e nessa match o crime foi cometido, Triple H se lesionou durante a luta, mas foi tão grandioso que parecia apenas um angle, Hunter terminou a luta com os ligamentos do quadríceps rompidos e terminou como se nada tivesse acontecendo, essa luta merecia um lugar especial na história, foi sem dúvida a melhor da história do RAW, mas foi apagada pelo caso Benoit.

Pipe Bomb - Triple H Undisputed Champion

Triple H agora era uma incógnita, ninguém de um esporte de impacto tinha conseguido voltar de uma lesão nesse grau de seriedade, mas Hunter tinha a vontade de voltar, tanto que se mudou para a clínica em que estava se recuperando da cirurgia situada no Alabama para fazer um treinamento especial focado em uma volta, uma possível volta apenas, e demorou, 8 meses de suor, choro e muito treinamento, Triple H treinava mais do que antes para voltar maior e melhor ainda.

Enquanto Triple H se recuperava, passamos pelo angle da Invasion que culminou na match 5 vs 5 no Survivor Series daquele ano, em que o Team WWF saiu vencedor (é claro), e como continuação da Storyline, Austin voltou a ser face e Chris Jericho assumiu o papel de Top Heel da WWF, e também tínhamos The Rock, todos os três competindo pelo WWF Undisputed Championship (WWE e WCW World Championships), o que levou a uma match no Vengeance 2001 onde Jericho venceu primeiramente The Rock, e depois Stone Cold Steve Austin para se tornar o primeiro Undisputed Champion da história, mas um fato chamou a atenção, anunciaram Triple H para esse Pay Per View e o pôster tinha Triple H junto com sua Sledgehammer, mas Hunter não estava pronto para aparecer ainda, tanto que não apareceu no Pay Per View, durante o Main Event se ouvia vários gritos de Triple H vindos da crowd.

Chris Jericho agora era o Top Heel da empresa e World Champion, mas não era esse os planos, Austin seria o primeiro Undisputed Champion da história e seguraria o Championship até o retorno de Triple H, onde Austin perderia para Triple H na Wrestlemania 18, Austin se recusou a fazer isso, Jericho então foi o escolhido para a função.

Em janeiro de 2002 foi anunciado o retorno de Triple H, em uma das maiores reações da crowd da história, mal se ouvia a Theme de Triple H, que estava maior do que nunca, posso falar isso porque sou mark dele, mas foi muito merecido, Triple H passou pelo inferno e voltou melhor do que nunca, Hunter era o maior Heel da WWF quando se machucou (até porque o turn de Austin flopou) e voltou com uma reação incrível, grande momento.

Hunter teve poucas matches antes do Royal Rumble, algumas Tag Matches no Smackdown onde não teve que participar muito da luta, chegando o Royal Rumble, Hunter ganhou é claro, eliminou Kurt Angle e se envolveu em uma pequena storyline com o Stephanie Mcmahon e o próprio Angle antes da Wrestlemania, mais ou menos a mesma coisa que aconteceu em 2000 quando a storyline levou a uma match entre Triple H e Kurt Angle no Unforgiven 2000, mas a match no Pay Per View No Way Out foi … é … fraca, e ali estava ficando exposto que Triple H ainda não estava no mesmo ritmo dos outros, mesmo assim ele seria o desafiante pelo Undisputed Championship no maior Pay Per View da empresa.

A storyline entre Triple H e Chris Jericho (w/ Stephanie Mcmahon) foi muito muito fraca, ambos são fantásticos quando o assunto é Mic Skill, mas a feud não funcionou por várias razões, mas agora já era tarde, essa seria a match da Wrestlemania 18 e nada poderia mudar isso.

Wrestlemania X8 | Triple H Undisputed Champion

Wrestlemania 18, todos esperando pelo encontro de gerações entre The Rock e Hulk Hogan, a crowd participou muito da luta (que claro, foi horrível), gritava a cada soco aplicado entre eles, mas a luta não foi o Main Event, essa foi uma ideia bem ruim na minha opinião, claro que é fácil falar agora que foi ruim, eu falei no começo do artigo que roubaram o Main Event da Wrestlemania 17 do Triple H que estava em um momento muito melhor que The Rock e Stone Cold, mas Jericho não era a grande estrela, seria diferente se fosse Hunter e Austin por exemplo, a match que deveria ter acontecido se Austin não tivesse se recuso a perder para Triple H.

A match entre Hunter e Jericho foi fraca quando se compara com as lutas que tiveram nos anos anteriores, eles tentaram, principalmente Jericho porque Triple H estava nitidamente fora do ritmo de luta ainda, estava mais forte do que antes mas em compensação menos “ágil”, mas quem se importa, Triple H saiu de um “ex-atleta que poderia muito bem ter passado o resto da vida em uma cadeira de rodas” para Triple H Undisputed Champion, momento mais que merecido, mesmo com todas as circunstâncias adversas Triple H voltou e provou que as vezes é preciso ter garra na vida, Triple H é um guerreiro que morreria no ringue para entreter os fãs.


Eu sei que muitos vão reclamar porque eu só escrevo sobre o Triple H rsrs, mas espero que tenham gostado do texto, e para entrar no clima do Royal Rumble, comente o seu Royal Rumble favorito.

Leonardo

Além de escrever para o Pipe Bomb e as vezes participar dos Podcasts foi o desenvolvedor do novo site e responsável pelo Twitter do Pipe Bomb. Grande conhecedor da história da WWF/WWE e talvez o único fã do Triple H no mundo, também responsável pelos textos em Inglês do Pipe Bomb e conhecido por ser do contra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *