Wrestlemania 33 : A ultima viagem de Undertaker.

 

É velho, ta na hora de se aposentar. Talvez aí dentro ainda soe um gongo te dizendo “só mais uma luta”, aparentando que você ainda tem gasolina para queimar, mesmo que a viagem tenha acabado. A viagem acabou, acaba para todo mundo.  Eu queria achar que você só esqueceu de recolher as luvas e o chapéu no ringue porque a memória não é mais a mesma, entretanto sabemos que não é verdade, também sabemos que é melhor para todo mundo que elas fiquem ali. O homem vindo dos mortos voltou para os mortos, sobrou Mark Calaway, pai de quatro pessoas, metade de três casamentos, fã de motos e de boxe, suposto “líder” de backstage durante muito tempo na empresa vital. Eu vou sempre falar de você como Undertaker, mas para quem importa de verdade, o Undertaker é só mais uma personagem que deixou esse grande teatro. Assim tem que ser, que morra o personagem e a pessoa continue aí.

Visivelmente emocionado ele desceu uma última vez para as profundezas do desconhecido, sua mão levantada em sinal de vitória. Ele, sem sombra de dúvidas, combateu o bom combate e completou a carreira, a fé quem guarda são as pessoas em volta; a fé de que, qualquer hora dessas, outro lutador vai nos dar tantas emoções como o Deadman proporcionou, vai marcar a infância dos nossos filhos como “o homem do vale” marcou as tardes de sábado dos filhos de nossos pais.

Na sua limitação dentro dos quatro quantos de um ringue, você fez o mundo transcender e, por um breve momento acreditar que, a morte leva, mas, algumas vezes, ela joga algo de volta. Infelizmente, o tempo chegou para recolher a bagunça que fez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *